Articles

Lunar Eclipse 2020: Os Eclipses Lunares são prejudiciais para as mulheres grávidas?

Marcar o início da estação do morango selvagem, Ásia, Europa, África, Austrália e América do Sul será o anfitrião do segundo eclipse lunar penumbral de 2020. Entre as 23h15 e as 2h43 da manhã do dia 5 de junho (esta noite), as pessoas podem testemunhar o evento celestial durante o qual o Sol, a Terra e a Lua estarão imperfeitamente alinhados fazendo com que a Terra lance sua sombra sobre a superfície da Lua e efetivamente bloqueando alguns dos raios do Sol. Este tipo de eclipse é chamado de “Eclipse Penumbral Total”. Durante este tipo de eclipse, a Lua só é ofuscada pela região exterior da Terra – a ‘penumbra’, que não envolve completamente a Lua na escuridão.

ALSO READ: O Eclipse Lunar é prejudicial? Quais são os efeitos adversos do Eclipse Lunar?

Considerando a natureza celestial desta ocorrência, frequentemente testemunhamos o surgimento de superstições e mitos em torno da ‘Chandra Grahan’ ou eclipse lunar, mas nem todos eles podem ser chamados de científicos. A primeira documentação de um eclipse remonta a 1400/1700 a.C. na literatura hindu. O eclipse lunar é causado pelo nódulo sul da lua ‘Ketu’. O auspício que muitas vezes é associado a um eclipse lunar vem do estudo da influência planetária sobre a vida humana. Embora falte apoio científico neste caso, aqui estão algumas sugestões que você pode seguir se assim inclinado:

– As mulheres grávidas são consideradas mais suscetíveis à influência negativa do eclipse e não devem se expor a ele.

– Sugere-se jejum e banho antes e depois do eclipse.

– O eclipse lunar pode ser visto a olho nu sem qualquer dano.

– O eclipse é considerado um bom momento para lavar os pecados, pois toda a água se torna santa durante o período.

É uma crença comum que os eclipses afetam a saúde das mulheres grávidas e da criança no útero. Os eclipses lunares são referidos como maus presságios por muitas culturas, incluindo muitas indianas. A superstição permanece profundamente enraizada ainda hoje, embora a maioria dessas concepções não sejam apoiadas pela ciência. Aqui estão alguns conceitos errados que podem fazer mais mal do que bem:

– Não coma durante o eclipse: Embora não haja provas que provem que a comida corre mal durante o eclipse, no caso de uma mulher grávida, não comer ou beber durante um período prolongado pode causar baixo açúcar no sangue, o que pode prejudicar tanto a mãe como o bebé.

– Cobrir todas as janelas: Isto faz sentido durante um eclipse solar, pois os raios UV podem danificar os olhos e até resultar em cegueira, mas não é o caso de um eclipse lunar. Você pode olhar diretamente para o eclipse sem qualquer repercussão.

– Não sair ou fazer nada: Mulheres grávidas são aconselhadas a descansar de 4 a 5 horas todos os dias, mas não há nada que comprove que sair durante o eclipse causará qualquer dano.

– Cobrir todas as janelas: Isto faz sentido durante um eclipse solar, pois os raios UV podem prejudicar os olhos e até mesmo resultar em cegueira, mas este não é o caso de um eclipse Lunar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.