Articles

Como é que é o inferno?

Deus é amor

A Bíblia diz que Deus “é” amor (1 João 4:16). Ele é o originador do amor e todas as Suas ações são dirigidas pelo amor. Jeremias 31,3 até diz: “Sim, eu te amei com um amor eterno; portanto, com bondade amorosa eu te atraí”

A Bíblia diz claramente que Deus não gosta nem mesmo da morte de uma pessoa má. Ezequiel 33:11 diz: “…Vivo eu”, diz o Senhor Deus, “Não tenho prazer na morte do ímpio, mas em que o ímpio se converta do seu caminho e viva…Pois por que morrereis, ó casa de Israel?

Navegue no conteúdo do artigo:

Deus é misericordioso

Adicionalmente, 2 Pedro 3:9 afirma que Deus é misericordioso conosco, não querendo que uma única pessoa morra, mas que cada pessoa viria ao arrependimento. O amor de Deus pelos humanos é eterno, então como Deus poderia torturar as pessoas para sempre e ainda assim amá-las para sempre? Isto simplesmente não faz sentido. Então de onde vem a doutrina de um inferno eternamente ardente? Como pode a tortura eterna ser compatível com um Deus de amor?

Para quem foi criado o inferno?

Em Mateus 25:41 a Bíblia diz: “Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno preparado para o diabo e seus anjos”. Por outro lado, Mateus 25:33-34 aponta que aqueles que escolherem a Cristo “herdarão o reino preparado para vós desde a fundação do mundo”. O propósito original do inferno e seu fogo era para a destruição final de Satanás, do pecado e de seus anjos. Somente depois desta limpeza de fogo é que todas as lágrimas podem ser enxugadas dos olhos dos salvos.

O inferno está queimando agora mesmo no centro da terra?

Muitas pessoas perguntam: “Há pessoas sofrendo no inferno agora mesmo?”. Job 21:30-32 dá-nos uma imagem do inferno e quando os seus fogos vão arder. Jó diz: “Porque os ímpios estão reservados para o dia da desgraça; serão trazidos à luz no dia da ira”. Este texto junto com 2 Pedro 3:7 mostra que o inferno não está queimando agora, mas em alguma data no futuro os ímpios são reservados e tirados de suas sepulturas para o dia da ira. João 5:28-29 também transmite a mesma mensagem: “Não vos maravilheis disto, porque vem a hora em que todos os que estão nas sepulturas ouvirão a Sua voz e sairão – os que fizeram o bem, para a ressurreição da vida, e os que fizeram o mal, para a ressurreição da condenação”. Mais uma vez, isto delineia que a hora está chegando no futuro, mas ainda não está, quando a condenação final e a destruição acontecem. Você pode ter certeza, que neste momento, nem uma pessoa está queimando no fogo do inferno.

As pessoas estão sofrendo no inferno neste momento?

Como uma data futura do inferno mostra um Deus amoroso? Imagine se um homem cometesse adultério há milhares de anos durante o tempo de David. Esse homem nunca se arrependeu e enveredou pelo caminho errado. Agora pense em um homem que ainda ontem também cometeu o mesmo pecado. Seria justo que o primeiro homem fosse punido milhares de anos mais do que o homem que foi apanhado em adultério ontem? Como isso seria justo? A resposta está no fato de que ambos os homens estão reservados para julgamento (Jó 21:30-32 & 2 Pedro 3:7). Cada homem será punido começando exatamente na mesma hora.

Onde está localizado o inferno?

Para descobrir onde o inferno está localizado, deve-se olhar para o contexto de quando este evento ocorre para descobrir os detalhes. João 5:29 diz que a ressurreição dos justos será para a vida eterna, enquanto a ressurreição dos ímpios será para a condenação e a ira de Deus. Esta mesma idéia pode ser encontrada em Apocalipse 20:5 quando os ímpios são ressuscitados de seus túmulos. (Nota: Apocalipse 20:4-6 fala sobre a ressurreição justa.) Uma vez que os ímpios tenham sido ressuscitados e cubram a face da Terra, o Diabo os convence a atacar a amada cidade de Deus. Nesse momento o fogo desce do céu e destrói os ímpios e Satanás (Apocalipse 20:7-9). Portanto, os fogos do inferno arderão por toda a face da terra, não permitindo nenhuma fuga para os ímpios. 2 Pedro 3:10 acrescenta o seguinte sobre onde o inferno está localizado e este evento ardente, “…os céus passarão com um grande ruído, e os elementos derreterão com calor fervente; tanto a terra como as obras que nela estão serão queimadas”.”

O diabo está encarregado do inferno?

Não, o diabo não está encarregado do inferno, mas na verdade é lançado no lago de fogo ou inferno de acordo com Apocalipse 20:10. Satanás não é aquele que envia o fogo do inferno sobre os ímpios que cercam o acampamento e a cidade amada. Se o Diabo estivesse no comando, ele poderia se manter fora do lago de fogo e suas conseqüências.

O que acontece com os ímpios no inferno?

Isso pode surpreendê-lo, mas a Bíblia diz em vários lugares que os ímpios serão queimados e completamente destruídos no fogo do inferno. Você ouviu bem, os ímpios não vão queimar para sempre. Malaquias 4:1-5 diz que no dia do Senhor: “‘Todos os soberbos, sim, todos os que cometem iniqüidade serão restolho. E o dia que vem os queimará’, diz o Senhor dos Exércitos, ‘Isso não os deixará nem raiz nem ramo’…Pisareis os ímpios, porque serão cinzas debaixo das plantas dos vossos pés’. Salmos 37:10, 20 também afirma que os ímpios não serão mais, eles serão cuidadosamente procurados, mas não serão encontrados. O versículo 20 acrescenta que os inimigos do Senhor morrerão e desaparecerão na fumaça. Tudo o que resta dos ímpios é fumaça e cinza, não restará nenhuma parte deles para ser torturada para sempre. Toda impiedade será removida da terra. A raiz (Satanás) assim como os ramos (seus seguidores) se tornarão cinzas sem mais vida neles.

Muitas vezes é tão importante ver o que NÃO está escrito na Bíblia como é descobrir o que está escrito na Bíblia. Em Romanos 6:23, a Bíblia diz que o salário do pecado é a morte. A Bíblia não diz que o salário do pecado é a punição eterna. Veja também João 3:16 que diz: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. Este versículo fala sobre duas opções. Uma opção é perecer, o que significa desaparecer ou ser destruído: deixar de existir. A outra opção é a vida eterna. Nenhum destes dois versos fala de tormento eterno.

Os fogos do inferno se apagarão ou queimarão para sempre?

Na face da terra haverá destruição total. Nada com mancha de pecado será deixado. 2 Pedro 3:10 diz, “tanto a terra como as obras que nela estão serão queimadas”. Isaías 47:14 descreve este fogo da seguinte forma: “Eis que serão como restolho; o fogo os queimará; não se livrarão do poder da chama; não haverá carvão para aquecer, nem fogo para sentar-se diante dele”. O fogo será tão completo que se queimará, nem sequer deixará uma brasa resplandecente. De acordo com a ciência, o fogo precisa de três coisas para continuar queimando: combustível, oxigênio e calor. Se alguma dessas três coisas for removida, o fogo se apaga. O fogo do inferno se apagará porque, como lemos em Isaías, não restará nem mesmo um carvão de material combustível para manter o fogo aceso.

Por que é necessário o inferno e suas forças destrutivas?

O fogo purificador traz uma completa erradicação do pecado. Ezequiel 28:18-19 diz o seguinte sobre Satanás: “Por isso trouxe fogo do meio de ti; ele te devorou, e te converti em cinza sobre a terra…e não será mais para sempre”. Com Satanás e toda a maldade queimada a Bíblia diz que o pecado e a aflição não surgirão uma segunda vez (Naum 1:9).

Qual é o propósito do inferno?

Por que Deus permitiria que toda essa destruição acontecesse? 2 Pedro 3:10-14 explica que a terra em chamas se derreterá, mas que devemos esperar por um novo céu e uma nova terra onde a justiça habita. O fogo purifica a terra e estabelece um lugar de justiça para que os salvos vivam. Isaías 65:17 acrescenta: “Porque eis que eu crio novos céus e uma nova terra; e os primeiros não serão lembrados nem virão à mente”. Este lugar justo é descrito em Apocalipse 21:1-5 da seguinte forma: “Agora vi um novo céu e uma nova terra, porque o primeiro céu e a primeira terra tinham passado… E Deus limpará de seus olhos toda lágrima; não haverá mais morte, nem tristeza, nem pranto. Não haverá mais dor, porque as coisas passadas já passaram…Então aquele que estava sentado no trono disse: ‘Eis que faço novas todas as coisas'”.”

Ponderaste o seguinte? Se as pessoas fossem atormentadas para sempre no inferno, como todas as coisas poderiam ser tornadas novas? Além disso, como todas as lágrimas poderiam ser enxugadas se você fosse salvo e feliz vivendo em uma terra recriada, mas ainda pudesse ver entes queridos queimando no inferno para a eternidade? A vida eterna para você no céu seria um tormento eterno, como você continuamente via aqueles que amava em agonia interminável.

Como posso evitar o inferno?

Se você fosse um Deus todo-poderoso que governava o universo, como você lidaria com o pecado? Como você removeria a dor e a dor do coração de forma justa por toda a eternidade? Deus quer destruir o pecado, mas, ao mesmo tempo, amorosamente salvar o pecador. Se continuarmos agarrados ao pecado, seremos destruídos junto com o pecado. Se nos soltarmos e confessarmos, só o pecado será destruído. Se o pecado não for completamente erradicado, ele infectará todas as partes da terra. Não pode haver paz com o pecado em existência. Vamos olhar novamente para Ezequiel 33:11, que diz: “Dizei-lhes: ‘Ao viver’, diz o Senhor Deus, ‘não tenho prazer na morte dos ímpios, mas em que os ímpios se desviem do seu caminho e vivam’. Convertei-vos, convertei-vos dos vossos maus caminhos! Pois por que morrereis, ó casa de Israel?” Deus está te chamando, não por medo do inferno, mas por amor. Ele está suplicando que você se livre de cada pecado em sua vida para que um dia você possa desfrutar de um lar celestial eterno onde não exista dor ou sofrimento. Por que não ouvir um Deus justo e compassivo que te ama e não quer que ninguém sofra, mas venha até Ele.

Considere a seguinte história. Imagine Deus como um cirurgião compassivo e amoroso. Ele ama cada paciente que entra em Seu consultório, mas odeia a doença que os ataca. A cada dia Ele amorosamente trata cada caso. Um dia você entra no consultório de Deus com um caso de gangrena. Ele te ama tanto, mas diz que deve fazer uma amputação para salvar sua vida por causa da natureza disseminada da doença. Se a gangrena não for removida, a infecção irá consumir-te e eventualmente matar-te. Da mesma forma, Deus deve remover o pecado ou ele consumirá o universo inteiro e destruirá a felicidade de Sua criação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.